Como ser um escritor original: 3 técnicas para reformular texto sem plágio

Descubra as técnicas mais eficazes para reformular textos sem cometer plágio e torne-se um escritor original! Este artigo apresenta dicas valiosas para ajudá-lo a reescrever textos de forma criativa e autêntica, sem infringir direitos autorais. Aprenda a usar sinônimos, mudar a ordem das palavras, modificar a estrutura das frases e muito mais. Leia agora e aprimore suas habilidades de escrita!

escritor original

Leia também: Como desenvolver a leitura e a escrita?

Você sabe que aprender a reformular texto da forma correta é uma das chaves ser um escritor original? Aprenda mais sobre as técnicas que vão elevar a qualidade dos seus textos. 

A importância de ser um escritor original

A originalidade de um texto é algo que gera um enorme valor agregado à produção. Assim, quanto mais criativo e inédito for uma produção, maior tende a ser sua relevância. Isso se torna uma premissa ainda maior para quem trabalha como escritor e redator profissional. 

Atualmente, a internet está povoada de conteúdos artificiais e cópias de diferentes tipos. Há alguns anos atrás a otimização SEO privilegiava certos critérios que faziam com que um texto pudesse ser simplesmente uma cópia mal feita de outro e ainda assim ranquear.

Contudo, uma série de mudanças e aperfeiçoamentos nos algoritmos dos mecanismos de busca corrigiu essas distorções. Por isso, hoje em dia é bem mais difícil conseguir alcançar as primeiras posições com textos que possuem um nível de plágio acima de 2%. 

É comum que o escritor e redator, especialmente aquele que trabalha com a escrita de textos para outras pessoas, utilize diferentes fontes de pesquisa e referências. A grande questão é saber utilizar as referências de modo correto, sem cometer plágio, para ser um escritor original. 

Principais ferramentas para reformular texto sem plágio

Muitas vezes, o ato de reformular texto já é suficiente para reduzir de forma drástica a incidência de plágio em um documento. Dessa forma, não é necessário que o escritor descarte completamente a produção e inicie outra do zero. A final, um escritor original sabe utilizar recursos externos através de referências e intertextualidades para produzir um conteúdo de valor para o público.

É possível aproveitar o que já foi escrito e fazer as correções para que o texto não apresente plágio direto, indireto ou realize citações de modo incorreto. Veja abaixo algumas das principais técnicas para um escritor original. 

Seguir as normas ABNT

A Associação Brasileira de Normas Técnicas é o órgão responsável no Brasil pela padronização e organização de normas e regras para as técnicas de produção realizadas no país.

Elas são a norma padrão de todas as publicações acadêmicas, como trabalhos de conclusão de curso, artigos, pareceres, resumos, dissertações e teses. 

No entanto, por serem as regras gerais sobre o tema no Brasil, é comum que textos com outras estruturas e características se guiem por elas. Especialmente para fazer citações de forma correta, sem que ocorra plágio.

Utilizar programas anti-plágio

Evitar o plágio se tornou uma tarefa mais fácil a partir do desenvolvimento de diversos programas, softwares e aplicativos voltados à essa funcionalidade. 

Então, é possível contar com a ajuda de ferramentas de Inteligência Artificial para identificar os trechos problemáticos em relação ao plágio. 

Assim, a partir da detecção das frases, parágrafos ou termos que remetem a outros que já existem, é mais fácil conseguir reformular texto nos locais corretos. 

Muitos dos programas anti-plágio tem uso gratuito, de modo que basta você transcrever o texto ou trecho que precisa analisar para a interface do programa. 

Reescrever texto

A partir da detecção dos trechos que podem contar plágio através de leituras do documento ou varredura em programas de detecção, a melhor técnica para tornar a escrita original é a reescrita.

Além de corrigir o plágio, reescrever o texto é uma prática que aperfeiçoa o resultado final. Assim, é possível trocar palavras repetidas por sinônimos, encurtar frases e parágrafos, reescrever sentenças que ficaram confusas e tornar a escrita mais criativa.

Tudo isso eleva a qualidade final do texto, de modo que a escrita se torna mais original e fluida, com melhor legibilidade ao leitor final. 

Não são necessárias técnicas avançadas para elaborar uma boa reescrita. O ato de parafrasear texto, por exemplo, é uma técnica que melhora bastante a qualidade final da redação, além de evitar o plágio. 

Após fazer a segunda versão do texto, o ideal é fazer uma nova varredura no documento, para identificar se ainda há trechos problemáticos em relação ao plágio.

A leitura do resultado final é essencial para observar a fluidez da escrita. Também é importante para verificar se o texto apresenta uma boa junção de coesão e coerência na construção do argumento. 

O trabalho de redação tem um pouco de artesanato, no sentido de que o escritor original sempre pode fazer novas leituras e identificar pontos que podem ser aperfeiçoados. 

Então, é importante que a prática de reformular texto se torne rotina na vida do escritor original e redator profissional. Dessa forma, será muito mais fácil conseguir desenvolver uma escrita criativa e original.

humanizae

Categories:

Comments are closed

Leia também

A história da literatura é marcada por diversos períodos e movimentos que refletem as mudanças sociais, políticas e culturais de determinada época. Esses períodos literários são caracterizados por características estilísticas e temáticas específicas, que ajudam a entender a evolução da escrita ao longo dos séculos. Neste […]
O pensamento crítico é uma habilidade essencial para analisar informações de forma objetiva e tomar decisões fundamentadas. No entanto, o pensamento crítico não se limita às tradições ocidentais. O pensamento crítico oriental, com suas próprias origens e abordagens únicas, oferece uma perspectiva valiosa para a análise […]
O pensamento crítico é uma tradição filosófica que se desenvolveu ao longo dos séculos e que teve um impacto significativo na forma como os indivíduos analisam e interpretam o mundo ao seu redor. Cada cultura desenvolve um senso crítico próprio de acordo com as experiências que […]
Desbrave os tesouros da diversidade linguística e encante-se com as maravilhas do mundo!
Mitish98_testemunho_de_Auschwitz_30910436-af53-44ab-b077-2d5dbc3c0e17-1
Ensaio sobre o testemunho de Auschwitz Este ensaio destaca a importância do testemunho e da educação na preservação da memória do Holocausto, na construção de uma ética da tolerância para a prevenção de atrocidades históricas. O testemunho permite ressignificar o sofrimento e compreender o impacto de […]
Humanização e humanidades
Humanidades e humanização: Como promover uma conexão humanizadora no campo da saúde Descubra como promover uma conexão humanizadora com humanidades no campo da saúde! Saiba mais sobre a definição de humanização, o poder da empatia e compaixão para descobrir como as humanidades contribuem para o desenvolvimento […]